Início das aulas: adaptação ao ambiente escolar

Por Cíntia AraújoPsicóloga Secretaria Municipal de Educação Cultura e Esportes de Dom Feliciano Muitos fatores podem influenciar uma melhor adaptação escolar, entre eles destacamos o tipo de vínculo familiar, seguranças e inseguranças da criança e da própria família, forma de como enfrenta o novo, e o início das aulas é um momento que vem carregado de sentimentos, ansiedade, alegria, tristeza, insegurança, etc.Para as crianças que estão indo pela primeira vez à escola, é um período de muitas novidades e, portanto, que exige novos conhecimentos e adaptação – cada criança, por suas características peculiares, tem seu período, que pode ser de horas, dias, semanas e até meses.Nesse período, o papel da família é fundamental, procurando transmitir segurança e tranquilidade. Às vezes, para a própria família, é um período difícil. O ingresso de um filho na escola mobiliza e muda alguns padrões do funcionamento da família, que tem que se adaptar. Algumas mães sentem mais essa dificuldade de separação dos filhos, como se o ingresso na escola simbolizasse ?a ruptura do cordão umbilical?.A criança passa de seu pequeno mundo familiar para um mundo de novas interações sociais. E o ?novo?, todos sabem, gera ansiedade e medo. O que podemos fazer para auxiliar nossos pequenos nessa adaptação? Outro ponto muito importante é a forma como a escola recebe seu aluno. Apresentar para a criança as pessoas, mostrar o espaço físico, salas, pracinha, banheiro, ajuda a criança a situar-se e sentir-se mais segura.É papel da escola auxiliar as mãezinhas que tem um pouco mais de dificuldade de deixar seus pequenos. Conversar com essas mães, transmitir-lhes tranquilidade e segurança é fundamental.Enfim, aqui falamos no primeiro ingresso na escola, da importância desse primeiro momento, pois em muitos casos, esse sentimento em relação ao ingresso poderá se repetir pelo resto da vida. Muitas crianças em qualquer estágio da vida escolar podem ficar agitadas ao início das aulas, terem pesadelos ou dificuldade de sono nos dias que antecedem ao início do ano letivo. E mais, qual de nos não sentiu aquele frio na barriga no primeiro dia de faculdade, no ingresso no primeiro emprego e outras situações mais em que temos que lidar com o novo e sair da zona de conforto?Então, podemos dizer que uma adaptação escolar tranquila, respeitando os limites de cada criança é de muita importância, e que nós adultos temos responsabilidades em relação a esse processo procurando auxiliar e facilitar para que a criança possa passar por esse período de forma equilibrada.