Para ampliar vagas de estacionamento, trânsito terá alterações em Dom Feliciano

Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Conselho aprovou alterações em sentido de ruas e criação de estacionamento oblíquo O trânsito da área central do município vai sofrer alterações em Dom Feliciano. A decisão foi tomada em reunião do Conselho Municipal de Trânsito (Comtran), realizada no dia 29 de abril, após Associação Comercial e Industrial de Dom Feliciano (Acidof) pedir solução para falta de estacionamento no centro.A reivindicação vem desde o início de 2015, quando em reunião na entidade foi sugerido a criação de vagas estacionamentos oblíquos, afim de aumentar o número de vagas existentes. Para viabilizar a criação de novas vagas, é necessário tornar as vias com sentido único de circulação.Segundo o chefe da Divisão de Trânsito e Transporte, Tainã Martins, afirmou que as mudanças são benéficas: ?Nosso objetivo é aumentar o número de vagas de estacionamento e dar maior fluidez e segurança em nosso trânsito?, destaca. As obras de sinalização têm início previsto para o próximo dia 09, e implantação já no dia 23 de maio.As ruas Tiradentes e Venâncio Aires terão seus sentidos alterados. No caso da Tiradentes, esta será mão única entre a Avenida Borges de Medeiros e a Rua Vespasiano Corrêa, formando um sistema binário, já que a Rua Treze de Maio já é de mão única. A Rua Venâncio Aires terá sentido único desde a Rua Carlos Barbosa Gonçalves, até a Treze de Maio. Além da Venâncio Aires e da Tiradentes, a Avenida Borges de Medeiros também receberá estacionamento oblíquo. Um dos principais motivos pelas alterações é o grande fluxo de veículos próximo a Secretaria Municipal de Saúde, no cruzamento das Ruas Tiradentes com a Venâncio Aires, esquina do Mercado Lempek. A partir da implantação do sentido único das vias, será implantado também o estacionamento oblíquo, ofertando ainda mais vagas no centro. Serão criadas também vagas para idosos, deficientes físicos, carga e descarga, entre outas melhorias. Durante o ano de 2015 o Divisão de Trânsito e Transporte do Município estudou a melhor forma para realizar as alterações, que foram apresentadas ao Comtran. Na oportunidade os conselheiros tiveram a oportunidade de analisar, discutir e propor sugestões para melhorias no trânsito. O conselho é composto por representante das Empresas de Ônibus, João Adaílton Kuczynski, pelo representante dos Proprietários de Táxi, Carmo Guilherme Bender, o representante dos Transportadores de Carga, Edgar Jânio Pszigodinski Marques, o representante da Brigada Militar, José Paulo Cornalewski e do Município, Tainã Pereira Martins.

Imagem destacada: