Anjos da Dança esteve no 4º Festival Internacional de Folclore e Artes Populares

Na 4ª Edição do FIFAP – Festival Internacional de Folclore e Artes Populares, que acontece na UFPEL ? Universidade Federal de Pelotas, o grupo Anjos da Dança – projeto pertencente ao CREAS de Dom Feliciano e coordenado por Jéssica Carvalho, foi convidado a participar das atividades. O início aconteceu em 17 de outubro e se estendeu até 19. O evento é promovido pelo IFSul Campus Pelotas e pela UFPel, com apoio da Prefeitura Municipal de Pelotas. A programação do 4º Fifap contou com mostras em escolas, asilos e hospitais, oficinas e espetáculos, desfile de rua e visitas turísticas pela cidade.O Festival é um encontro cultural não competitivo que reúne companhias de danças folclóricas de diferentes países. O intuito do projeto é promover o intercâmbio de culturas, por meio de oficinas, mostras e espetáculos de dança folclórica e artes populares, além de descentralizar as atividades culturais, levando as danças para as praças, largos, escolas e espaços na periferia da cidade.O grupo de Dom Feliciano participou no primeiro dia, chegando às 13h40min, no Campus II da Universidade Federal de Pelotas e visitou o HISALES -Centro de Documentação História da Alfabetização, Leitura, Escrita e dos Livros Escolares, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação, que tem acervo de 2 mil peças. ?Tivemos conhecimento de materiais e ensino dos tempos antes/durante/depois do Regime Militar?, conta Jéssica.Às 16h, foram convidados para oficina com o Grupo Latino Americano Santiago del Estero, da Argentina. Nativos daquele País conduziram os (as) participantes do Anjos da Dança para uma aula sobre o carnavelito, muito popular nas terras argentinas. E, o aluno João Reis, do Curso de Dança-licenciatura da UFPEL, apresentou os (as) visitantes com aula introdutória sobre Street Dance.Às 19h, iniciou o Espetáculo de Dança com o grupo anfitrião do evento Abambaé Companhia de Danças Brasileiras, de Pelotas, Balé Folklórico Latino-americano Santiago del Estero, da Argentina, Rumbo Norte Ballet Folclorico Departamental de Tacuarembó, do Uruguai, além do Grupo de Danças Alemãs da FURB – Universidade Regional de Blumenau, Grupo de Danças Populares da Escola Municipal Governador Pedro Ivo Campos, de Joinville, e o CTG do Instituto Sul Rio-grandense, campus de Pelotas.