23 de Maio de 2018

Prefeitura Municipal de Dom Feliciano

Compartilhe esta página
com seus amigos

Notícias

Você está: Notícias > Detalhe

Campanha contra febre aftosa vai até 31 de maio

10 de Maio de 2018

Como forma de evitar a transmissão da febre aftosa, todo o rebanho de bovinos e bubalinos de Dom Feliciano deve ser vacinado até 31 de maio. A medida é uma forma de manter o Município livre da incidência da doença. Em 2017, o escritório local da Inspetoria Veterinária registrou a vacinação de 25 mil animais em maio e oito mil em novembro - reforço em animais com menos de dois anos.  A mobilização busca evitar a proliferação do vírus da família Picornaviridae, do gênero Aphthovirus. Quem descumprir a norma está sujeito à multa e outras punições.

Os produtores e produtoras devem adquirir a vacina em agropecuárias e encaminhar a nota da compra para Inspetoria,  Rua Benjamin Constant, 368, telefone 51 3677-1400. Depois desta dada, só há possibilidade de aquisição da vacina, mediante autorização da Inspetoria. Aqueles que não vacinarem seus animais dentro do prazo têm multa de 60 UPS – cerca de R$ 182,22, ou de um UPS – cerca de R$ 12,15 por animal — com prevalência do maior valor. Além disso, fica impedido qualquer tipo de comercialização, enquanto a situação não for regularizada.

Sintomas da febre aftosa

A enfermidade é de fácil contágio pelo ar e, apesar de não levar à morte do animal, causa perdas significativas à criação. Além disso, ela é um dos entraves à exportação da carne. Os principais sintomas da febre aftosa são feridas na boca, nas glândulas mamárias e no casco. O diagnóstico é feito ao observar a salivação excessiva e se o animal anda com dificuldade. Por não conseguir se alimentar, ele apresenta enfraquecimento e perda de peso.

 

Fontes: Inspetoria Veterinária de Dom Feliciano e Agência Brasília