10 de Dezembro de 2018

Prefeitura Municipal de Dom Feliciano

Compartilhe esta página
com seus amigos

Notícias

Você está: Notícias > Detalhe

Prefeitos querem ações concretas do Governo Federal para Situação de Emergência

22 de Março de 2018

Em Brasília, além de participar do 8º Fórum Mundial da Água, a convite da Confederação Nacional dos Municípios – CNM, apresentando o programa municipal Água Boa, como exemplo de Boas Práticas municipais, o prefeito Clenio Boeira, juntamente com outros, do Rio Grande do Sul, peregrina entre ministérios, visando apoio e providências. “É preciso que os agricultores tenham suas dívidas renegociadas e que sejam tomadas providências para que possam reiniciar suas atividades agrícolas com normalidade”, considera. “Estamos aqui, percorrendo vários ministérios, entretanto o que vemos hoje é que duas ou três pessoas decidem pelo Governo todo”, lamenta Clenio. “Esperamos que estas pessoas se sensibilizem com a situação do Rio Grande do Sul, principalmente, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, que é gaúcho e conhece nossa realidade”. Os prefeitos que lá estão, esperam, até o final da semana, alguma ação concreta por parte do Governo Federal, inclusive portaria do Ministério da Integração Nacional, que permita facilitar a vida dos agricultores e agricultoras que usaram de financiamentos em outras instituições bancárias, além do Banco do Brasil, como SICREDI e outros.

Ontem (22/03), os prefeitos estiveram em audiência com o Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e, com o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, levando pauta mais específica com relação à questão das renegociações das dívidas, em apoio aos municípios com Decreto de Emergência homologado e reconhecido pelo Governo Federal, como é o caso de Dom Feliciano. Hoje (22/03), serão recebidos na SEAD - Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário.